Tecnomisticismo

Ideias de uma outra dimensão

No intuito de demonstrar a coexistência harmônica entre magia, natureza e tecnologia, o Cubo Tecnomístico oferece ao usuário uma experiência imersiva que mescla elementos simbólicos e místicos a princípios da física e realidade virtual.
A magia da máquina revela seu poder quando os seus visitantes interagem com ela. Basicamente, ao adentrar à estrutura, um cubo construído e decorado com elementos tecnológicos, naturais e místicos, o usuário posicionará suas mãos sobre uma bola que, através da capacitância da pele, fará girar uma roda em que será revelado seu amuleto. Após a revelação, receberá um óculos VR em que poderá acessar vídeos 360o concebidos numa combinação entre futurismo e magia. O amuleto, cuja concepção partirá de um estudo simbólico, será materializado numa impressora 3d e entregue ao participante ao final do trajeto.

Os avanços tecnológicos atuais foram antevistos em sonhos e premonições por xamãs e magos do passado ao passo que o desconhecimento da tecnologia por muitas vezes levou à mistificação e a detenção do conhecimento e da tecnologia na mão de poucos. Embora tratadas como duas formas de conhecimento distintas, acreditamos em uma ética transformadora que concebe a tecnologia como um organismo interdependente do seu meio. Assim as intenções humanas estão diretamente relacionadas com o funcionamento da máquina.

Vivemos em meio a mitos semi-esquecidos, ou seja, temos nas bases estruturais do imaginário símbolos que reconhecemos, mas que não usamos em suas funções mágicas. O modelo de vida que experimentamos, em que a racionalidade tende a promover o afastamento da vida interior e o esquecimento da criação de novos mitos, favorece um campo artificial de signos manipuláveis especialmente pela publicidade. Assim todo o nosso potencial de imaginações possíveis não é utilizado.

Ao trazer “neomitos” na forma de amuletos, tais como o “Transistor”, que busca a transformação da energia que nos atinge, demonstramos a possibilidade de concepção/revelação de novos signos, cuja criação está em nossas mãos e intimamente relacionada à investigação íntima de nosso imaginário.

A criação de amuletos a partir da impressora 3d assume um ativismo da matéria, um investimento na subjetividade, significando objetos a partir da sua transformação apta a influenciar a realidade, pela sorte e aleatoriedade. Serão diversos amuletos de diferente culturas e crenças disponíveis, todos eles feitos na impressora 3d. Enquanto isso a máquina ritualiza novos objetos simbólicos ao gosto daqueles que visitam e compartilham suas crenças. Desta maneira, ao participante será possibilitada uma experiência imersiva, em um contato direto com os princípios da tecnomagia, da impressão em 3D, da realidade virtual e da criação simbólica.